QUEM NOS SEPARARÁ DO AMOR DE DEUS?

 

 

O amor é a maior de todas as virtudes, por ele os homens e mulheres de fé chegam à perfeição desejada por Deus que é Amor Infinito. Quem não ama não vive, porque o amor é o fundamento de toda vida e o verdadeiro sentido da realização humana.

 

 

Amar é o mesmo que dar: dar a vida, a salvação, a paz, a eternidade, a felicidade porque é  assim que Deus nos ama; pois Ele é o verdadeiro doador de todos os dons, é Dele que recebemos a graça em toda a sua plenitude; a satisfação, a realização, a santificação de nossas almas; sem Ele nada há, porém, em meio a esse mistério da vida, precisamos corresponder ao seu amor para que ele transborde de nossas almas como fonte inesgotável de paz.

 

 

Para São João, corresponder ao amor de Deus significar observar seus santos mandamentos que começa com o amor a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. “Quem observa os seus mandamentos permanece em (Deus) e (Deus) nele. É nisto que reconhecemos que ele permanece em nós: pelo Espírito que nos deu”

 

 

“Eis o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, como ele nos mandou. Nós sabemos que fomos trasladados da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos”.

 

 

Paz e Bem!

 

 

Frei Fernando,OFMConv.