CRÔNICAS DE MINHA ALMA: TUDO O QUE EU QUERO, SENHOR, É FAZER A TUA VONTADE…

Dada a brevidade da vida neste mundo, que posso eu querer Senhor, fora do teu querer? Aqui tudo é efêmero, pois, por mais que tenhamos, ainda assim não estamos satisfeitos totalmente, porque há sempre algo a nos incomodar, seja lá o que for. É por isso que preciso tanto de Ti Senhor em minha vida, porque a segurança que encontro no mundo, não é como a segurança que encontro em Ti; aqui a segurança não é segurança, porque advém do medo, das preocupações, da vulnerabilidade, da falta de perspectiva, etc.; e tudo isso por causa do pecado.

Enquanto que a segurança que nos advém de Ti nasce da consciência tranquila em tua presença, da obediência incondicional aos teus mandamentos, do amor a Ti acima de todas as coisas, do profundo relacionamento contigo pela oração, na vivência dos sacramentos e de tua mão a nos sustentar em meio às provações e desafios de fé que enfrentamos todos os dias neste vale de lágrimas que estamos. Porque se não estivésseis conosco Senhor, não suportaríamos um segundo sequer, e já teríamos sucumbidos.

Então, por que ainda estamos aqui? Creio que, porque não nos santificamos o suficiente para darmos um testemunho mais eficaz de tua presença Senhor. Creio ainda que é porque não chegou o tempo previsto por tua divina providência, para empreenderes o julgamento de tuas criaturas, conforme a graça e a liberdade que lhes destes. Mas creio, sobretudo, que é por causa de tua divina misericórdia que ainda nos suportas e suportas tantos desvarios e tantas contrariedades que te causamos com nossos pecados. Talvez seja também pelo teu desejo de que, quem sabe, ainda muitos se convertam e voltem arrependidos ao teu convívio paternal, sem praticarem mais nenhum mal, e assim, sentirem-se redimidos pelo sangue de Cristo Jesus, teu Filho muito amado.

Ah, Senhor! Quem dera amar com o teu amor, quem dera ser o filho que tanto desejas que eu seja; quem dera só pensar o que pensas, só fazer o que fazes e só viver o que vives, assim, nada mais me impediria de ter tua eternidade dentro de mim e poder enfim abraçar a felicidade de que dispões para aqueles que te obedecem incondicionalmente, como Te obedeceu prontamente o teu Filho, Jesus, até a morte e morte de cruz.

Sei que estou muito longe de atingir a plenitude da perfeição espiritual de que dispões a meu favor, mas que posso eu esperar Senhor de mim mesmo, se em mim não Te encontrar? Por isso, preciso do eu original, isto é, sem pecado, sem o qual não posso amar meus irmãos como me ensinas a amar em Cristo Jesus; eis as lições que ele nos deu:

“Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós”. (Mt 5,11-12). E ainda: “Eu, porém, vos digo: amai vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos [maltratam e] perseguem. Deste modo sereis os filhos de vosso Pai do céu, pois ele faz nascer o sol tanto sobre os maus como sobre os bons, e faz chover sobre os justos e sobre os injustos. Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito”. (Mt 5,44-45.48).

Senhor, é assim que eu quero viver, por isso peço humildemente, ajude-me a conseguir a obediência perfeita; ajude-me a conseguir o amor incondicional com que devo lhe amar e amar meus irmãos e irmãs; ajude-me a querer a sua vontade totalmente em meu modo de pensar, de falar e de viver, assim terei uma única ocupação: buscar em primeiro lugar o Reino dos Céus e a sua justiça (cf.Mt 6,33-34). Amém!

Paz e Bem!

Frei Fernando,OFMConv.

FREI FERNANDO, VIDA, FÉ E POESIA by Frei Fernando,OFMConv. is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.