Tag Archive: amor


SÉRIE MEDITAÇÕES: O AMOR, A VERDADE E OUTRAS VIRTUDES (CONTINUAÇÃO)…

JUSTIÇA

A Justiça dá a cada ser o que lhe é devido na medida certa…
Por isso, Ela busca sempre a verdade dos fatos, porque esta lhe dá a capacidade de ação para o bem estar de todos…
Repara o mal que de fato houve…
Pune o que devido, liberta o que preciso…
Assim é e sempre será a Justiça…
Destarte, só Deus é Justo, e por seu Filho Jesus Cristo,
Justifica todos os injustiçados… (cf. Mt 5,6)

PIEDADE

A Piedade é a verdade em oração no coração das almas santas…
Uma alma piedosa ama a Deus com profunda reverência…
Clama por sua clemência, e se põe à disposição de sua vontade…
Cresce na intimidade e no fervor, e sabe guardar com amor todas as pérolas divinas que lhes são confiadas, não as atirando aos porcos…
Todavia as multiplica pela oração,
Ornando com a unção divina e salutar as almas mais necessitadas…

A Fé é como um expectorante para a alma,
visto que põe para fora dela toda desconfiança,
firmando-a na esperança que não decepciona….
Isto porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações,
pelo Espírito Santo que nos foi dado…(cf. Rom 5,5).
A fé tudo alcança, porque obtém de Deus todo poder,
Por isso, tudo é possível ao que crer…

ESPERANÇA

A Esperança é alma gêmea da fé,
porque tem certeza do que não vê…
Diz o ditado popular: quem espera em Deus nunca cansa,
porque Deus não falha nunca…
A esperança também se chama convicção,
porque quem espera em Deus nunca duvida de suas promessas,
pois sabe que elas são o motivo e o fundamento de sua aliança conosco…

CARIDADE

A Caridade é o amor assistindo as necessidades,
reparando as injustiças e imperfeições dos homens…
Ela por sua vez é assistida pela Providência Divina,
que consola os corações caridosos pelo milagre do bem feito aos mais necessitados…
Ela é como que a mão do Senhor a socorre-nos em seu amor…
Pela caridade somos anjos de resgate…
Apoiando os caídos, assistindo os desvalidos,
libertando os oprimidos que o egoísmo de alguns mutilou…
A caridade nunca passa, até que cheguemos ao céu…
Todavia, não busque nela alguma salvação pessoal,
Pois ninguém é salvo pelas obras…
Porém, convém saber que as boas obras só existem,
porque fomos salvos por Jesus Cristo, o Filho de Deus…

TEMPERANÇA

A Temperança é o equilíbrio perfeito entre os desejos da carne e os do Espírito; isto porque a aspiração da carne é a morte; enquanto a aspiração do Espirito é a vida e a paz; pois a carne (concupiscência) não se submente à Lei de Deus e nem o pode, porque os que vivem segundo a carne rejeitam as graças do Espírito de Deus…

“Portanto, irmãos, não somos devedores da carne, para que vivamos segundo a carne. De fato, se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras da carne, vivereis, pois todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. (Rom 8,12-14).

SOBRIEDADE, MODÉSTIA

Em cada área do nosso ser existe a possibilidade do prazer, pois o dom de sentir prazer é um dom que Deus nos deu, e que gera em nós certa satisfação prazerosa, isto é, certa sensação de felicidade. Todavia, é preciso que haja equilíbrio em todos os nossos sentidos para que estas sensações não se transformem em fuga de nós mesmos, dos outros e de Deus; ou mesmo desemboquem nos vícios que levam ao precipício da perca de liberdade, porque toda sensibilidade carnal é passageira e fugaz, quando não equilibrada pela sobriedade.

A Sobriedade é a virtude que Deus nos deixou para não nos afastarmos do seu amor, que é a nossa eterna fonte de felicidade. É ela que nos equilibra e nos conduz à moderação no comer e beber; no pensar e falar; no olhar e sentir; no vestir e se portar. A sobriedade é prima irmã da modéstia, pois esta faz a festa da graça de Deus em nossas almas. (cf. Rom 12,16).

MANSIDÃO

Quem vive cultivando a virtude da Mansidão tem seu coração em Deus, que nos ensina por seu Filho amado, a nunca nos alterarmos em meio aos desequilíbrios dos homens (cf. Mt 11,28-30). Essa virtude vem também acompanhada de uma promessa, os mansos possuirão a terra, indício da posse do céu, terra eterna prometida por Deus aos filhos seus (cf. Mt 5,5; 2Ped 3,11ss).

INOCÊNCIA

A inocência nos torna imunes à todo tipo de perseguição e violência, porque todo inocente é livre e tem na inocência sua maior defesa. Alguém é inocente quando vive a verdade diante de Deus e dos homens, porque o fato de existir naturalmente já é a verdade em si. Todavia, precisamos vive-la com ela é, transparente sempre, como o próprio Deus. Os mais temidos dos homens são os inocentes, porque até mesmo o seu silêncio causa tortura aos seus algozes. Por isso, todo inocente é invencível, pois nem a morte o poderá destruir.

PENITÊNCIA

Jesus começou seu ministério nos ensinando a fazer penitência: “Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo; fazei penitência e crede no Evangelho”. (Mc 1,15).

Como vimos nesse ensinamento do Senhor, a penitência é o reforço da fé, pois o verdadeiro arrependimento precisa de penitência para que haja verdadeira conversão. Não basta dizer, “creio em Jesus Cristo”; pois, a fé é muito mais do que uma simples afirmação; ela precisa do esforço da alma penitente para se firmar e crescer na graça santificante, e dar os frutos da adesão ao Senhor, por meio da vivência do seu evangelho. Fazer penitência é vencer-se a si mesmo, como nos ensinou São Francisco de Assis, em sua décima Admoestação: “O pior inimigo do homem é ele mesmo, vence-te a ti mesmo e vencerás todos os teus inimigos visíveis e invisíveis”. Porquanto, ajuda-nos Senhor a penitenciar-nos em tua presença, pois sem Ti nada podemos fazer (cf. Jo 15,5).

PRUDÊNCIA

A Prudência é a aliada que perpassa todas as outras virtudes…
Por ela ninguém erra…
Por ela evita-se a dúvida atroz e o desengano…
Porque a Prudência nos faz atentos, nos dá alento para decidirmos somente pela vontade de Deus…
Desse modo, Ela é o discernimento perfeito e a razão de ser do equilíbrio de todas as outras virtudes em nossa vida…

COERÊNCIA

A Coerência é a autêntica vivência da fé, é ela a despenseira de todas as graças, para darmos os frutos de santidade que o Senhor nos concede na Santa Comunhão. Ela é o motivo de sermos recebidos e atendidos diante de Deus. Por ela somos livres desde já de todo julgamento diante do tribunal do Senhor.

É a Coerência que ilumina nossas almas com a luz que nunca se apaga e por isso, se torna nosso escudo de proteção para todos que a vivem. Ela põe por terra toda falsidade, porque faz valer a verdade e a autoridade divina em nossa vida. Foi pela virtude da coerência que Natanael foi identificado por Jesus e recebeu dele o mais belo elogio entre os apóstolos, e uma especial revelação do Senhor. (cf. Jo1,43-51).

O QUE DIZER AINDA MAIS A RESPEITO DAS VIRTUDES?

Todas as virtudes com que Deus nos criou…
Foram-nos concedidas para permanecermos fieis ao seu amor,
E gozarmos da liberdade infinita em sua Presença bendita…
Por isso, abusar da misericórdia e da bondade divinas…
É deixar de viver no santo temor…
É perder-se na agonia e na dor de não amar o Senhor,
e não se deixar amar por Ele eternamente…

Paz e Bem!

Frei Fernando,OFMConv.

Anúncios

SÉRIE MEDITAÇÕES

O AMOR, A VERDADE E OUTRAS VIRTUDES…

Perguntei a uma criança da catequese, o que é virtude? Ela me respondeu bem de mansinho: virtude é uma qualidade boa, frei… Nossa! Como eu fiquei feliz com essa resposta, pois percebi que o Espírito Santo fala com as crianças e por meio delas… Então, meditemos sobre algumas dessas virtudes das quais fomos dotados por Deus…

AMOR

O Amor é o fundamento de todos os dons que Deus nos deu…
A maior de todas as virtudes é amar,
amar a Deus acima de todas as coisas
e amar aqueles que Deus nos dar para amar…
Entretanto, basta a raiva, o ódio, o ressentimento…
Para macular esse precioso presente que Deus nos deu…
Portanto, o maior dom de cura é o perdão, por ele o amor permanece sempre…

VERDADE

A Verdade está dentro de todo ser humano e presente em tudo que existe…
Mesmo que alguém minta, tem consciência dela,
e sabe que a está traindo…
Então, não faça da mentira seu ofício,
porque ela será a causa de sua ruína…
Pois a mentira é como uma areia movediça,
quanto mais alguém se move nela, mais afunda e se perde…

OBEDIÊNCIA

A Obediência é a ciência daqueles que se tornam capazes de dar a própria vida, para não desorganizar o que a Sabedoria de Deus organizou…
Por isso, todo ser obediente é também humilde, porque não faz valer seus interesses pessoas, mas sim os interesses dos demais em vista dos santos interesses de Deus…
Todo ser obediente serve sempre, porque não faz a própria vontade, mas somente a vontade de Deus…

PUREZA

A Pureza de coração nos leva à visão de Deus…
“Bem aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus”.
Ora, todos nós sabemos disso…
Mas por que todos não a praticam?
Por causa do imediatismo da impureza,
que faz a carne experimentar o que a alma rejeita…
E porque a alma rejeita?
Porque a impureza leva ao precipício do egoísmo…
Mesmo assim milhares e milhões caem nas chantagens psíquicas dos egoístas de plantão e se tornam também escravos do imediatismo…

FIDELIDADE

À Fidelidade se contrapõe a traição ou infidelidade…
Traço da terrível maldade de Judas contra Jesus…
O fato é que todo traidor só morre na desgraça…
A não ser que se arrependa,
peça perdão e repare sua maldade…
Caso contrário, jamais se salvará…

BONDADE

A Bondade se contrapõe à todo tipo de maldade que se comete na face da terra…
E todos temos a virtude da bondade no mais íntimo de nós, mas quantos a cultivam?
É por falta do cultivo da bondade que a perversidade tem se alastrado como peste maligna em todos os campos da vida…

HONESTIDADE

A Honestidade põe por terra a ganância, a corrupção e seus derivados, chamados falcatrua, estelionatários, corruptores e corrompidos…
A honestidade é a maior prova de nossa inocência…
E quem tem a consciência limpa, não precisar provar nada…
Estes já receberam de Deus a liberdade eterna…

GENEROSIDADE

A Generosidade é irmã da solidariedade,
esposa e mãe de todo bem que há…
Liberta dos apegos e dos medos das percas materiais…
Liberta da avareza, vileza que leva muitos à idolatria do dinheiro…
Uma alma generosa é rica em satisfação,
porque é alento para os necessitados
e porta aberta da salvação…

SIMPLICIDADE

A simplicidade descomplica tudo…
Não faz de um pingo uma tempestade,
Visto que nunca se liga na maldade de quem quer que seja…
Os simples de coração são os humildes que Deus pôs neste mundo para derrotar o cão imundo da soberba…

POR ENQUANTO FIQUEMOS ASSIM, LOGO, LOGO TEM MAIS…

Todas estas são virtudes presentes em todos nós…
Nelas encontramos a Deus e com ele convivemos…
Elas são vias de perfeição com as quais Deus nos ornou…
Por elas Ele nos comunica sua santidade,
por meio de seu Filho amado, Jesus Cristo,
caminho, verdade e vida de todos os que se exercitam pela via de sua redenção…

Paz e Bem!

Frei Fernando,OFMConv. 

FREI FERNANDO, VIDA, FÉ E POESIA by Frei Fernando,OFMConv. is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.

CRÔNICAS DE MINHHA ALMA

AMO-TE, SENHOR, E INFINITAMENTE QUERO TE AMAR…

O Amor. O que é o Amor? “O Amor é Deus, e quem permanece no Amor permanece em Deus e Deus permanece nele”. (1Jo 4,16); percebe tudo pela ótica divina do amor que ama, concebe tudo a partir do amor que ama, isto é, agora tudo é como o amor, eterno. Ou seja, cada pensamento, cada desejo, cada vontade, cada sentimento, advindo desse Sublime Amor, é inesgotável, é verdade que perdura sempre, porque o amor de Deus é assim. Quanta segurança em amar assim, em ser amado assim, em viver assim; em vê tudo assim, numa inesgotável sensação permanente, inexplicável pelas palavras, mas profundamente experimentado no âmago do Ser. Porque amar a Deus é viver; não amá-lo é morrer…

Senhor, por que não te amar? Por que não se deixar amar por Ti? Por que não se entregar inteiramente à Ti? Haverá alguma razão de ser, para não querer amar à medida infinita do teu Amor? Oh! Senhor, será que é por isso que o egoísmo não tem explicação racional convincente? Porque, por mais que se queira explicar, ele é só egoísmo, nada mais, além disso… Creio que ele seja o cume de toda maldade, a pior de todas as solidões, de todas as prisões, porque é absolutismo do eu, é a totalmente contrária ao teu Amor.

Meu Deus! Só em pensar nisso, me dá calafrios, pois vejo a extensão de todas as maldades que o egoísmo causa; de todas as tragédias passadas e presentes; é por isso que o demônio é o que é, extremamente egoísta, maléfico, perverso, danoso em todos os sentidos; capaz de incitar somente instintos egoístas e soberbos com que desprezou o amor de Deus, para se afundar na lama da própria maldade que exala em tudo o que é e faz. Por isso, vive nas trevas e não pode se aproximar nunca de Tua Luz, porque Tua Luz, Senhor, é Amor que brilha sobre todos os Te amam e Te obedecem submissamente; Tua Luz brilha Senhor, mais que o sol e mais que toda a extensão do universo que criastes.

Sabemos que um dia esse nosso mundo e toda criação será totalmente passado a limpo, porque Deus é Santo e tudo criou para a santidade. Por isso, no Seu Infinito Amor, enviou como nosso Redentor o Seu Filho, Jesus Cristo, para que tivéssemos acesso à sua misericórdia que nos perdoa e nos salva. Como escreveu São Paulo:

Sabemos ainda que haverá um julgamento para todos e ele já começou: “Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más. Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas aquele que pratica a verdade, vem para a luz. Torna-se assim claro que as suas obras são feitas em Deus”. (Jo 3,19-21).

De fato, o amor ama sempre, mas quem o acolhe para transbordá-lo com sua própria vida? Quem responde à altura do amor com que somos amados por Deus? O que temos cultivado com nossa existência? Será que o nosso modo de viver tem correspondido à Vontade de Deus? Fomos Criados como expressões do amor de Deus, para amarmos a Deus acima de todas as coisas e amar-nos uns ao outros na medida do mesmo amor; mas, o que temos visto no seio da humanidade? Violência, dor, sofrimentos, tristezas e toda espécie de morbidez infernal.

Nem por isso desista do amor, porque somente quem ama consegue vencer o mal que está no mundo. Pois, eis o que nos ensina São João: “Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai. Porque tudo o que há no mundo – a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida – não procede do Pai, mas do mundo. O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de Deus permanece eternamente. Nisto é perfeito em nós o amor: que tenhamos confiança no dia do julgamento, pois, como ele é, assim também nós o somos neste mundo. No amor não há temor. Antes, o perfeito amor lança fora o temor, porque o temor envolve castigo, e quem teme não é perfeito no amor. Mas amamos, porque Deus nos amou primeiro”. (1Jo 2,15-17; 4,17-19).

Paz e Bem!

Frei Fernando,OFMConv.

FREI FERNANDO, VIDA, FÉ E POESIA by Frei Fernando,OFMConv. is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.

PORQUE ÉS, SENHOR, MINHA ÚNICA RAZÃO DE SER

Há quanto tempo, Senhor, não te visito com minha poesia?
Todavia, sei que jamais te afastastes de mim…
Porque sem ti não dá pra viver neste mundo…
Um segundo sequer…
Porque és, Senhor, a minha única razão de ser…

Meu Deus!
Como não te amar?
Como não te adorar?
Como não querer voltar para Ti?
Pois aonde meus olhos podem mirar,
percebo a expressão infinita do teu amor…
Contemplo a Beleza esplendida do teu olhar…

Quanta bondade na criação…
Quanta verdade na imensidão dessa obra prima de tuas mãos…
As leis naturais e divinas…
Todos os seres como num rima se dando e se completando…
Numa harmonia perfeita e constante…
Como naquele instante eterno quando nos criastes…
E nos visitastes com tua paternal divindade…

Ah! Senhor…
Quanta saudade do teu paraíso…
Descrito na santa revelação…
Um mundo lindo, natural…
Sem a presença de nenhum mal…
Onde Tu, Senhor, reinando sobre tudo,
Mantinhas-nos na unidade do teu amor…

E hoje, Senhor?
O que vemos?
E com o que convivemos?
Meu Deus!
Quanta indiferença…
Quanta ingratidão…

Quanta gestão mal sucedida,
acabando com a vida que criastes tão bela…
Vida esta que hoje em dia se encontra mergulhada na desarmonia e depravação…
Na injustiça e corrupção…
de seres maléficos que só pensam em poder, status e prazer…
Como se só existisse esse nosso mundo natural…
E nada mais além do tempo e de seu término aqui…

Mas, Senhor, eis que nos enviastes o teu Filho Jesus Cristo,
para nos dizer que não é assim…
Para nos dizer que existe sim, o teu paraíso santo e eterno…
Onde o inferno deste mundo não tem vez…
Onde a justiça por sua vez se faz presente constantemente…
Onde a vida não tem fim, porque a morte não existirá mais…
Onde todos viveremos em paz definitivamente…
Porque finalmente seremos Um…

Mas, tudo isso só acontecerá depois do juízo final…
Quando, enfim, todo o mal será extirpado…
Assim como todo pecado e os que os cometeram também…
Porque no teu céu não haverá ninguém que não tenha sido purificado…
Que não tenha sido lavado pelo Sangue do Cordeiro imolado…
E pelo Espírito Santo que no Senhor nos sustém…

Paz e Bem!

Frei Fernando,OFMConv.

***
“Vi, então, um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra desapareceram e o mar já não existia. Eu vi descer do céu, de junto de Deus, a Cidade Santa, a nova Jerusalém, como uma esposa ornada para o esposo. Ao mesmo tempo, ouvi do trono uma grande voz que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens. Habitará com eles e serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles. Enxugará toda lágrima de seus olhos e já não haverá morte, nem luto, nem grito, nem dor, porque passou a primeira condição”. (Ap 21,1-4).

“Não haverá aí nada de execrável, mas nela estará o trono de Deus e do Cordeiro. Seus servos lhe prestarão um culto. Verão a sua face e o seu nome estará nas suas frontes. Já não haverá noite, nem se precisará da luz de lâmpada ou do sol, porque o Senhor Deus a iluminará, e hão de reinar pelos séculos dos séculos”. (Ap 22,3-5).
***

Creative Commons License
FREI FERNANDO, VIDA, FÉ E POESIA by Frei Fernando,OFMConv. is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.